Duas caras da modernidade


Duas matérias jornalísticas publicadas hoje trazem a exata noção das contradições da modernidade.

Numa delas, Tasso Azevedo (O Globo) apresenta o resultado dos avanços tecnológicos na área de transporte: um veículo elétrico que alcança os 100 km/h em cerca de dois segundos, além de ter uma autonomia de 1.000 km com apenas uma parada para reabastecimento.

Como "grita" o autor, é uma exemplo claro de "economia de baixo carbono na veia"!!!

Ao contrário disso - ou na contra-mão, já que estamos falando de veículos -, a Profª Larissa Bombardi (USP) acaba de publicar o resultado de estudos desenvolvidos no âmbito do Laboratório de Geografia Agronômica sobre a contaminação gerada pelos agrotóxicos no Brasil.

A publicação, denominada Atlas Geografia do Uso de Agrotóxicos no Brasil (clique aqui para fazer o download gratuito), apresenta resultados assustadores.

No estudo, há mapas detalhados que demonstram o caminho da contaminação e da intoxicação - por regiões, estados e municípios.

Além disso, há informações relevantes relacionadas ao processo de intoxicação por sexo, faixa etária e locais de exposição.

O Atlas traz, por exemplo, casos de intoxicação de mulheres que residem nas áreas produtoras de frutas na bacia do rio São Francisco, doentes por trabalhar na colheita.

O que mais impressiona é a extensão da contaminação. A pesquisadora e sua equipe trazem dados que comparam as áreas ocupadas por culturas que utilizam agrotóxicos em larga escala com as dimensões de países europeus, onde a população exigiu que estes produtos sejam banidos.

Os resultados dos avanços tecnológicos devem ser distribuídos e estarem acessíveis a TODAS as pessoas, indistintamente. Se assim não for, de que adianta gastar milhões de dólares para tornar os carros da Fórmula 1 mais seguros?

Com relação à contaminação pelos agrotóxicos, o caminho deve ser inverso, reduzindo seu uso até sua proibição completa.

Ao contrário disso, morreremos todos intoxicados - sem exceção!


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square